Leitura infantil: a importância da parceria entre a família e a escola

A leitura infantil estimula a criatividade, deixa o aprendizado mais prazeroso, além de abrir a mente das crianças para outras possibilidades e universos, o que também contribui para o desenvolvimento de sua empatia. Por conta disso, essa prática precisa ser trabalhada tanto em casa como no ambiente escolar.

A parceria entre pais e professores pode transformar a educação e trazer grandes benefícios aos pequenos, em curto e em longo prazos. Quer saber como fazer a sua parte e ter as ferramentas necessárias para cobrar que a escola do seu filho também faça a dela? Basta acompanhar este post até o fim. Boa leitura!

Qual o papel dos pais no incentivo à leitura infantil?

Por serem os primeiros responsáveis pelo contato das crianças com o mundo, os pais devem repassar seus valores e crenças aos pequenos. O incentivo à leitura infantil não fica de fora dessa regra. Veja, a seguir, como você pode dar sua contribuição.

Dar o exemplo

O exemplo é o primeiro passo para fazer com que seu filho crie diferentes hábitos. Você já deve ter reparado que isso vale tanto para os positivos quanto para os negativos. Com a leitura, não seria diferente.

Você tem livros em casa? O seu filho presencia momentos de leitura da sua parte e dos demais moradores da casa? Essa prática pode instigar a vontade de ler e, a partir daí, a criança pode ter interesse em fazer isso por conta própria.

Incluir a leitura na rotina

Por mais que talvez você encontre algum tipo de resistência inicial, incluir essa prática na rotina é uma forma interessante para a criação do hábito da leitura. Um bom jeito de transformar isso em uma atividade atrativa para a criança é permitir que ela escolha os livros.

Para os mais novos, a dica é você ler junto, imitar vozes, interpretar personagens etc.. Para os que já sabem ler, considere criar um momento de leitura em família, cada um com o seu livro, por exemplo, em que todos compartilham entre si alguma lição aprendida ao fim da leitura.

Qual o papel da escola no estímulo à leitura?

Ainda que a principal responsabilidade de incentivar a leitura nas crianças seja dos pais e responsáveis, é imprescindível poder contar com o suporte da escola nessa tarefa. Portanto, veja abaixo o que você pode esperar — e cobrar — de uma instituição de ensino ao matricular seu filho.

Propor atividades lúdicas

Uma das melhores formas de as crianças aprenderem é por meio de atividades lúdicas. Essas práticas transformam o que parecem momentos de brincadeiras em grande aprendizado, e é possível inserir a leitura nesse contexto.

Brincadeiras de mímica, jogo da memória literário e árvore de livros são exemplos de atividades que os educadores podem trabalhar em sala de aula. Em todas elas, é claro, a leitura será a protagonista.

Criar um espaço destinado a esse fim

A disponibilização de uma biblioteca ou de uma sala voltada ao cantinho da leitura é algo que você deve levar em consideração ao escolher onde matricular o seu filho. A presença de um espaço físico que estimule e preze a leitura é um ótimo incentivador a essa prática tão importante e não pode ser negligenciada.

A leitura infantil traz diversos benefícios — desde o desenvolvimento de habilidades cognitivas a um melhor rendimento escolar. Por conta disso, incentivar esse hábito é fundamental e trata-se de uma missão muito mais simples se feita em conjunto entre pais e educadores.

Esperamos que este texto tenha sido útil para você. Aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais para que seus amigos também saibam como incentivar a leitura entre seus filhos.

Compartilhar
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.