Explicação sobre HPV – Qual é a idade da vacinação e para que serve?

Nada pode ser mais importante para os pais do que a saúde dos seus filhos. Por isso, a vacinação para a prevenção de doenças faz parte da vida de crianças e adolescentes. Uma das vacinas disponibilizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ainda tem baixa adesão: a vacinação contra o HPV. Entre 2014 e 2017, menos da metade do público-alvo tomou as duas doses da vacina.

Neste post selecionamos informações sobre qual é a idade em que deve ocorrer a vacinação contra o HPV e para que serve a vacina. Acompanhe!

O que é HPV?

O HPV é um vírus chamado Papilomavírus Humano, que é transmitido sexualmente (DST). A sigla vem de seu nome em inglês, Human Papiloma Virus. Esse vírus pode infectar a pele ou as mucosas, tais como vulva, vagina, colo de útero e pênis. Quando não tratado, o HPV pode causar câncer de colo do útero e tumores no ânus ou no pênis, além de verrugas genitais.

Qual é a idade da vacinação contra o HPV?

Em 2014, o Ministério da Saúde incluiu a vacina contra o HPV no Calendário Nacional de Vacinação, com oferta gratuita por meio do Sistema Único de Saúde para meninas de 11 a 13 anos.

Desde 2016, estabeleceu-se que devem ser vacinadas as meninas com idade entre 9 e 14 anos. Mais recentemente, meninos de 11 a 14 anos também foram incluídos no esquema de vacinação pública contra o HPV.

O esquema de vacinação proposto é composto por três doses: em meninas, a primeira dose deve ser aplicada aos 9 anos; a segunda dose 6 meses após a primeira; e a terceira dose 5 anos após a primeira. Em meninos, a vacinação segue o mesmo esquema, mas a primeira dose deve ser aplicada aos 11 anos.

É muito importante vacinar seus filhos na idade correta. Dessa forma, quando chegarem a uma vida sexual ativa, eles já estarão imunizados e não correrão o risco de contrair o vírus.

Para que serve a vacinação?

A vacina contra o HPV pode prevenir vários tipos de câncer, principalmente o câncer de colo do útero.

Estima-se que mais da metade dos jovens brasileiros entre 16 e 25 anos têm algum tipo de HPV. Essa doença sexualmente transmissível pode ser transmitida mesmo com o uso de preservativo, por isso a importância da vacina — apenas ela pode impedir a infecção pelo vírus.

A incorporação da vacina contra o vírus no calendário nacional tem como objetivo prevenir não só o câncer de colo do útero, que causa a morte de milhares de mulheres todos os anos no Brasil, mas outros tipos de câncer causados pelo HPV, como o câncer anal, de pênis, de garganta e de boca. A vacina também imuniza contra verrugas genitais, que podem acometer homens e mulheres.

Conforme você pôde conferir neste post, a vacinação contra o HPV é muito importante e deve ser levada a sério. Não deixe de procurar a rede pública para imunizar seus filhos na idade correta.

Gostou de saber um pouco mais sobre o assunto? Então curta a nossa página no Facebook para ficar sempre atualizado sobre informações importantes para o bem-estar e o desenvolvimento dos seus filhos!

Compartilhar
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.