Como ajudar na preparação do filho para o ENEM?

Os pais têm um papel fundamental durante toda a preparação dos filhos para o ENEM, e o apoio nessas horas pode fazer toda a diferença na performance dos jovens. Você se identifica com aqueles pais que madrugam no dia da prova só para ter certeza de que vai dar tudo certo? Se a ansiedade faz isso com você, imagine como os adolescentes passam por essa fase!

Quando chega o tão esperado momento de escolher uma profissão para seguir e tudo isso depende de algumas provas de vestibular ou do ENEM, a família precisa estar preparada para ser alicerce. Seja no auxílio aos estudos ou no amparo psicológico, essas contribuições são essenciais.

Neste post, listamos algumas boas práticas para facilitar a vida dos pais na hora de ajudar seus filhos no preparo para a prova. Confira!

Conte como foi com você

Fale sobre o que você passou na sua época de ensino médio, o momento de escolher sua profissão e os vestibulares que tentou. Essa é uma maneira de mostrar interesse pelo momento em que o seu filho está passando.

Procure contar como foi, mas sem criar uma disputa, não faça comparações dizendo que na sua época era mais difícil ou mais complexo, isso pode afastá-lo de você. Então, tente mostrar coisas positivas que vão estimulá-lo e, principalmente, aumentar a autoconfiança deles.

Equilibre cobrança e indiferença

Esse é um período em que a cobrança aumenta, não só a externa, mas também internamente. Assim, os pais precisam encontrar um modo de evitar a cobrança excessiva, mas sem parecer indiferente. É necessário, então, buscar um equilíbrio.

Podemos enxergar isso em um exemplo: se você está vendo que seu filho entra no quarto para estudar e em 10 minutos pega no sono, vocês podem combinar de ele estudar na mesa da copa. Dessa forma, você mostra que se preocupa com o bem-estar dele, mas sem pressioná-lo demais.

Cuide do clima em casa

Mas como estudar na copa se estão limpando a casa, se o cachorro não sai de perto pedindo para brincar ou qualquer outro tipo de incômodo? Isso é um sinal de que todos da casa precisam estar em harmonia com a situação e que devem colaborar nas horas de estudo.

Além disso, discussões familiares, que são comuns em qualquer relação que envolva o ser humano, não precisam ser foco de conversas em que seu filho esteja presente. Ele precisa ficar com a mente limpa para concentrar no seu objetivo: a preparação para o ENEM.

Faça planos junto com seu filho

O estudo é importante, mas também é preciso descansar um pouco. Incentive a saída com os amigos para um sorvete, até mesmo uma balada, contudo, sem exageros. Vocês também podem planejar fazer coisas juntos, como caminhar, ir para a academia ou simplesmente tomar um café da tarde!

Os planos de estudos também podem ser feitos em conjunto. Procure dar dicas de como estudar para provas tão intensas, aprenda e ensine métodos de respiração para a hora dos testes, entre outras coisas que só quem já passou por isso sabe o que fazer. Ah, também é legal discutir possíveis temas para a redação.

Esteja presente no dia mais importante

A presença durante todo o processo é essencial, mas pode não adiantar de nada se você não se preparar para estar com ele no dia mais importante. Se por algum motivo não puder, busque maneiras de demonstrar carinho e afeto, com bilhetes de boa sorte ou deixando um lanche pronto.

A tensão existe e pode afligir ambos, por isso, a preparação para o ENEM deve acontecer durante todo o ano, assim esse nervosismo tende a diminuir e não interferir nos resultados da prova. Os pais precisam acompanhar e colaborar para que os estudos fluam e para que o psicológico não afete de forma negativa a vida estudantil de seus filhos.

Quer ajudar o seu filho a estudar de maneira produtiva? Baixe gratuitamente nosso e-book “Aprenda a Aprender: guia completo para estudar” e confira algumas dicas imperdíveis para aproveitar melhor as horas de aprendizado!

Compartilhar
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.