Carros Elétricos. Meio Caminho Andado Para Um Mundo Melhor.

0
Dicas  |  Next 2 You

É, os carros elétricos estão chegando com tudo. Tudo bem que por enquanto, no Brasil, eles respondem por um nicho praticamente simbólico de mercado. Mas as perspectivas de robustos investimentos nesta tecnologia, e a aceitação cada vez maior do público consumidor, sem dúvida pavimentarão para os carros elétricos uma trajetória de sucesso entre nós.

Os efeitos danosos ao meio ambiente, e consequentemente ao ser humano, são com certeza as molas propulsoras desta nova era da mobilidade. Limitar a circulação dos veículos automotores convencionais e agilizar a troca da bomba de gasolina pelo plugue elétrico é pauta cada vez mais urgente em nível global.

OS PRÓS

Economia para utilizar e manter

Na ponta do lápis, é só vantagem optar pelo carro elétrico. O custo por km chega a ser 50% menor que o dos veículos equipados com motor de combustão. Como motores elétricos apresentam menos complexidade mecânica, o custo de manutenção também tende a ser mais barato (em média, 15%).

Ruído zero

O silêncio extremo do carro elétrico em movimento se deve à ausência do barulho da combustão no motor. Além disso, não existe escapamento – que nos carros convencionais responde por grande parte do desconforto auditivo. 

Menos impostos sobre o produto final

Para facilitar o crescimento de mercado, diversos países vêm diminuindo a carga tributária dos modelos elétricos. E o Brasil promete trilhar o mesmo caminho, com alíquota zero de importação de veículos elétricos e movidos a hidrogênio. Outra grande vantagem a beneficiar diretamente o bolso do consumidor é o desconto de 50% e até mesmo a isenção do IPVA, oferecidos por diversos estados da Federação. 

Respostas mais rápidas e mais eficientes

Torque maior e performance bem acima da média em relação a veículos movidos a combustíveis fósseis são dois outros diferenciais proporcionados pela nova tecnologia. 

OS CONTRAS

Menor autonomia

Infelizmente, a forma mais prática de carregar a bateria destes carros, pelo menos até agora, é por meio da boa e velha tomada domiciliar. Dependendo do modelo, a autonomia de um veículo movido a eletricidade varia de 300 a 600 km. Ou seja, longas viagens exigem diversas paradas para recarga, sendo que o recarregamento em rodovias é difícil em função dos poucos pontos disponíveis.

Por enquanto, é caro para os padrões brasileiros

A produção em pequena escala onera o preço final. Ao que parece, ainda há muito pela frente até que a nova tecnologia torne-se mais acessível.

Haja paciência para completar a carga

O tempo necessário para “encher o tanque” é bem longo. Supondo-se uma tomada de 220V, a espera   varia de 6 a 8 horas. E o peso da bateria é assustador: chega a 450 kg. Para se ter uma ideia, esta é a metade do peso total de muitos modelos de carros de passeio!

Fique à vontade pra compartilhar este post com seus amigos, e não deixe de se cadastrar pra receber notícias nossas. É só clicar aqui!

Fontes para elaboração do conteúdo: https://www.uol.com.br/carros/reportagens-especiais/transporte-do-futuro—carros-eletricos/#cover
Fontes para elaboração do conteúdo:https://fleetbrasil.com.br/noticia/vantagens-e-desvantagens-dos-carros-eletricos/

Compartilhar
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.