Um Halloween assustadoramente saudável

0
Dicas  |  Next 2 You

O Halloween norte-americano deste ano promete muita criatividade, para dar um susto daqueles no fantasma da Covid e manter a festa “saudavelmente assustadora”. Até porque é lá o berço desta tradição, que vem ganhando mundo e se firmando cada vez mais também aqui no Brasil.

Mas haja criatividade, em se tratando de um evento em que as crianças saem às ruas e passam a noite batendo de porta em porta e tendo contato com centenas de pessoas – atitudes nem um pouco recomendáveis por enquanto…

Para contornar o problema sem cortar o Halloween do calendário, nas redes sociais circulam ideias inusitadas. Coisas bem ao estilo americano mas pouco viáveis por aqui, como o “escorregador de doces” e o “fantasma do varal” (dê uma busca no Google e descubra como funcionam).

Algumas alternativas, no entanto, poderiam ser adotadas sem problemas, garantindo um divertimento seguro na noite de 31 de outubro para a garotada. Dentre várias, selecionamos as que seguem.

Sacolas individuais de guloseimas

A serem deixadas em frente às casas, distantes das portas e campainhas para evitar o contato social.

Máscaras criativas

A máscara, além de continuar sendo fundamental em qualquer circunstância, acaba virando algo lúdico e pertinente à ocasião – já que elas podem ser pintadas com motivos “horripilantes”. O importante é que permaneçam seguras e eficazes, tendo sempre em mente que que as máscaras que acompanham fantasias não substituem as de pano, recomendadas pelos especialistas. Por falar em máscara, caso algum maluco saia por aí distribuindo doces com o rosto descoberto, a recomendação é desejar de longe um Feliz Dia das Bruxas e partir logo para a próxima casa…

Comemorar em sua home, sweet home

Para realmente evitar riscos desnecessários, esta é a melhor opção. Valem desfiles de fantasia com direito a prêmio para a mais original, sessões corridas de filmes de terror, caça aos doces escondidos (à noite, pelo quintal da casa, utilizando lanternas) e por aí vai. A imaginação é o limite!

Uma coisa é certa: qualquer que seja a forma de comemorar o Halloween, é preciso lembrar sempre de lavar bem as mãos antes e depois de manipular as sacolinhas de doces e surpresas, ficando atento para que as crianças não comam nada sem a devida higienização com água e sabão ou álcool em gel.

Fique à vontade pra compartilhar este post com seus amigos, e não deixe de se cadastrar pra receber notícias nossas. É só clicar aqui!

Fonte para elaboração do conteúdo: https://noticias.uol.com.br/colunas/vicente-toledo/2020/09/26/escorregador-de-doces-fantasma-do-varal-o-dia-das-bruxas-na-pandemia.htm

Compartilhar
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.