Solidariedade: ensine seu filho a doar brinquedos no dia das crianças

Colorful clothes for children and teenagers, toys and stationery. Back to school or donation concept.

O dia das crianças está chegando e é esperando com muita ansiedade pelos pequenos. No entanto, não podemos ignorar que muitos não ganham presente nessa data. Você já pensou em aproveitar a ocasião para ensinar seu filho o valor da partilha?

Entendemos que fazer a doação de um brinquedo, ainda que seja aquele que fica esquecido, pode ser uma tarefa difícil para algumas crianças. Separamos algumas dicas para auxiliar os pais na missão do desapego.

Convencendo a criança

Convencer a criança a fazer a doação está bem longe de ter o caráter de imposição. A maneira mais adequada de fazer isso é conversando com o seu filho, explicando a ele que muitas crianças não vão ganhar presentes no dia das crianças.

Não precisa ser nada muito complexo. Na infância, muitas vezes nos sentimos satisfeitos com apenas uma frase. Se o pequeno pedir mais detalhes, por exemplo, perguntar porque isso acontece, você pode responder que alguns pais não têm como comprar nada nesta data.

Dando o exemplo

Os pequenos aprendem pelo exemplo. Aliado a essa explicação, você pode arrumar o seu guarda-roupas, convidando a criança para acompanhar o processo. Enquanto as peças que vão ser doadas são separadas, você aproveita para falar que as coisas que não usamos mais podem ser usadas por outras pessoas.

Isso pode ser feito não só no dia das crianças. O hábito pode ser construindo aproveitando a época do Natal, aniversários e nas mudanças de estação. 

Transformando a doação em hábito

Não há uma idade certa ou restrições para construir esse hábito nas crianças, mas é importante que esse tipo de ação faça parte da rotina da família.

Se os seus filhos veem que os pais têm o costume de repassar o que não está sendo usado, aquilo começa a fazer parte da rotina e ser natural para eles. E pode, inclusive, virar uma regra ou uma tradição na família.

Deixando que a criança tome a atitude

Deixe que a criança escolha para quem o brinquedo deve ser doado, dê a sugestão e veja se ela concorda ou tem uma ideia melhor.

Mesmo que a escolha seja um primo, vizinho ou irmão mais novo, incentive que entregue o brinquedo pessoalmente. No entanto, se o pequeno pedir para ir a uma creche ou orfanato — o que pode acontecer se ele tiver visto um filme, ou alguém tiver mencionado esses locais na presença dele — é importante esperar que ele esteja maior, por volta dos 11 anos, para evitar possíveis traumas.

É importante destacar que a doação de brinquedo no dia das crianças também contribui para promover o equilíbrio da autoestima. Os pequenos se sentem importantes ao fazer uma doação, especialmente quando eles entendem o motivo para isso. A construção de valores como solidariedade, respeito e caridade é fundamental para a busca por uma sociedade mais justa, humana e igualitária.

Esperamos que você tenha gostado das nossas dicas, e que os conceitos abordados neste material possam contribuir de maneira positiva para a formação do seu filho. 

Compartilhar
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.