Bateu ansiedade? Respire fundo que ela acalma…

0
Dicas  |  Next 2 You
Calmness and patience. Attractive blond caucasian feminine girl in striped t-shirt, close eyes and smiling pleased, relaxing after hard day work, meditating do breathing exercises, white background.

Permanecer o máximo de tempo possível dentro de casa pode parecer, a alguns, tarefa fácil e prazerosa.

Porém, passados uns cinco ou uns dez dias, as coisas começam a mudar de figura, para as crianças e também para os pais. Especialmente aqueles que, por força de sua atividade profissional, exercem suas rotinas visitando clientes ou em outras tarefas onde o contato social é frequente.

Se perceber que está ansioso, mantenha a calma.

Respiração irregular, taquicardia, tremores no corpo e medo são sintomas típicos das chamadas crises de ansiedade, desencadeada pelas mais diversos fatores e provocando no corpo uma descarga de adrenalina e noradrenalina.

O que nem todo mundo sabe é que existe uma forma rápida e natural de aliviar estes episódios. Talvez a mais natural delas: a respiração. Aprender a exercer o controle sobre a dinâmica respiratória pode minimizar, inclusive, a tão temida “Síndrome do Pânico”.

Separamos para você quatro modalidades de respiração que podem auxiliar bastante em momentos de ansiedade. Respire fundo e aproveite.

RELAXAMENTO PROGRESSIVO

Contraia os grupos musculares do corpo, sendo 3 segundos em cada parte. Feche os olhos e inicie pelos pés, passe pelos joelhos, as coxas, nádegas, peito, braços, mãos, pescoço, mandíbula e, finalmente, os olhos. O grande segredo desta técnica é manter a respiração bem lenta e profunda.

RESPIRAÇÃO ALONGADA

O objetivo aqui é expirar pelo dobro de tempo que você inspira, sem segurar o ar. Esta técnica é particularmente recomendada para aqueles momentos de estresse mais intenso.

ABDOMINAL DEITADO

Na hora de dormir e com as luzes apagadas, inspire com as mãos sobre a região abdominal e conte enquanto respira, para estabelecer um ritmo. Ao expirar, contraia o abdômen.

CONTRAÇÃO DO DIAFRAGMA

Expanda e contraia os músculos do diafragma, observando para que a movimentação respiratória seja na barriga, e não no tórax. Isso ajudar a equilibrar todo o sistema nervoso.

Pra encerrar, já que o assunto é ansiedade, estamos ansiosos pela sua inscrição – para que você receba notificações quando tivermos novas postagens por aqui. Passa lá que é rapidinho.

Compartilhar
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.