4 dicas básicas para lidar com adolescentes

Lidar com os filhos nunca será uma tarefa fácil ou livre de obstáculos. É mais do que natural que existam discussões: afinal, todas as pessoas pensam de maneira singular e, em determinado momento, algum conflito de interesses irá surgir. Cabe aos pais, no entanto, saber lidar com este conflito da melhor forma possível. 

Existe uma fase em que as questões problemáticas se agravam visivelmente: a adolescência. Por ser um momento de transição entre a fase infantil e adulta, a adolescência é marcada por uma série de mudanças essenciais na vida de um indivíduo. 

Se antes o clima dentro de cara era mais tranquilo, pode ir se preparando: brigas podem acontecer, já que a “aborrescência” é também o período em que os jovens começam a desenvolver sua personalidade e desafiar os pais. 

Mas como lidar com adolescentes e sair ileso deste momento complicado? Continue nos acompanhando e confira algumas dicas essenciais:

1. Fale a linguagem de seu filho 

De nada adianta querer abordar assuntos como faculdade, sexo, esporte, amizades e segurança se você se comunica com seus filhos de forma inacessível — ou seja, sem deixá-los confortáveis com a situação.

Formalidades excessivas e falta de contato podem causar momentos desagradáveis. Portanto, procure entender como seu filho se comunica e busque falar a linguagem dele, fazendo com que ele se sinta confortável para compartilhar sua vida com você.

2. Saiba impor limites 

O sonho de vários pais é tornar-se um verdadeiro amigo para seus filhos. Este é realmente um cenário ideal, pois os jovens costumam dividir tudo com as suas amizades, além de emitirem opiniões sobre os mais diversos assuntos. No entanto, essa aproximação excessiva pode fazer com que eles confundam as coisas.

Você pode, sim, ser muito próximo de seus filhos, mas não se esqueça que, para lidar com adolescentes, respeito e limites são mais do que necessários. Caso contrário, é possível que seu filho abuse do excesso de proximidade ou não se importe com o que você diz em determinado momento. 

Procure estabelecer um equilíbrio na hora de dialogar. Você não precisa ser severo demais, mas eles devem entender que é você quem manda — e, mais do que isso, é você quem sabe o que é melhor para eles em grande parte das situações.

Esta é uma dica importante na hora de tratar de temas como tarefas domésticas, por exemplo, então fique atento. 

3. Seja empático

Empatia é a palavra-chave para qualquer relacionamento de sucesso, familiar ou amoroso. Quando o assunto é adolescência, então, o conceito é ainda mais essencial. 

Não se esqueça de que você também já foi adolescente e passou por grande parte dos problemas que seus filhos estão passando. Ser empático é tentar entender o lado do outro e, como você já esteve no lugar deles, isso pode ser tranquilo — basta ter paciência. 

Converse, discuta, peça a opinião deles e não tome nenhuma decisão de forma unilateral. Busque sempre checar os dois lados da moeda: é possível que, em determinada discussão, eles estejam certos, e você terá de lidar com isso. Isso é também um bom exemplo para seu filho, que pode crescer de forma a ser mais solidário.

4. Não tenha medo de dizer “não”

Mesmo que ouvir, ser empático e aproximar seu diálogo sejam pontos fundamentais para que você consiga lidar com adolescentes em casa, é também necessário que o “não” seja dito sempre que preciso. 

Não tenha medo de magoar seus filhos ou privá-los de determinados passeios e programas. Às vezes, é melhor ter uma rápida discussão e proibi-los de fazer algo do que remediar as possíveis consequência de algo que você não deveria ter deixado. 

Tenha um pensamento a longo prazo e não se esqueça de que, se você for aquele pai que libera tudo, por acabar perdendo a sua autoridade dentro de casa. Mais uma vez, o equilíbrio é a resposta para o sucesso de seu relacionamento com os jovens!

Agora que você já aprendeu 4 dicas simples para lidar com adolescentes, que tal deixar o relacionamento de vocês mais descontraído levando-os para assistir um filme? Confira o que pais e filhos podem aprender assistindo Star Wars e divirta-se! 

Compartilhar
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.